Segunda-feira, 2 de Outubro de 2006
A Tour Eiffel, ao vivo e a cores em Tóquio!
Mais uma visita a Tóquio. Desta feita era minha intenção encontrar o Consulado de Portugal. Depois de algumas peripécias, devido a linhas de metro trocadas assim como ruas mal assinaladas, lá consegui dar com o sítio. Um prédio residencial modesto, sem pretensões, com cerca de 6 pisos. Dois destes andares estão reservados para a delegação oficial da República de Portugal. Infelizmente estavam fechados mas como o consulado fica paredes-meias com o bairro Roppongi, decidi ir dar uma vista de olhos. Qualquer estrangeiro que venha a Tóquio tem de passar por Roppongi (http://en.wikipedia.org/wiki/Roppongi). Para além de Portugal, muitas das embaixadas situam-se aqui. Este bairro é o coração da vida dos “gaijin” em Tóquio. Aqui encontra-se gente de todas as nacionalidades para além de ser o sítio principal para se sair a noite em Tóquio. Muitos restaurantes, bares, discotecas, salões de karaoke, enfim, isto à noite mais parece a feira popular. Para meu espanto, no meio de toda esta agitação, avistei uma réplica da torre Eiffel. De facto, os japoneses construíram uma torre tal qual a original (mais alta cerca de 9 metros e pintada a laranja e branco). Esta serve como torre de transmissão para televisões e rádios e é conhecida como Tokyo Tower (http://en.wikipedia.org/wiki/Tokyo_Tower). Vale a pena vir conhecer Roppongi.
No domingo passado, a televisão estatal japonesa veio à Ninomiya House para filmar um programa ao vivo e a cores. Tinham-nos dito que eles iam fazer um show de 2 horas sobre cientistas estrangeiros que vivem em Tsukuba. O pessoal juntou-se, fizeram-se uns pratos típicos de cada país, metemos as mãos na massa (para fazer noodles) mas - desanimo geral - eles apenas transmitiram cerca de 5 minutos. Enfim, é caso para dizer que os residentes tiveram direito ao seu quinhão de fama contabilizado ao segundo! E para mais, eu até tinha ido ao barbeiro...pois, é que finalmente arranjei coragem e fui dar um corte final à gadelha que vinha acumulando desde há dois anos para cá! Enfim fico com a mona mais leve, talvez seja mais fácil para aprender japonês.


publicado por pmfjcosta às 23:51
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

The end (sort of)

Chinesices

A preguiça ao poder

Espreitando o mundo da al...

Pirotecnia servida aos tr...

Um chapéu de três bicos

Talk shows japoneses

Um novo sensei: Nakagawa-...

Martin, contador de histó...

A Tour Eiffel, ao vivo e ...

arquivos

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

links
Poll
Stats
blogs SAPO
subscrever feeds